Diarreia - Prevenção

Linha pontilhada

Como a principal causa de diarreia é a infecciosa, algumas medidas preventivas podem ser extremamente úteis, como:

  • Manter uma boa higiene tanto no nível pessoal como no coletivo (residência, trabalho, escolas, creches, etc.);


  • Lavar sempre as mãos especialmente em certas situações como antes de preparar a comida; antes das refeições; antes de manipular alimentos; antes de alimentar a criança; após limpar uma criança que acaba de evacuar; após ir ao banheiro e todas as vezes que retornar da rua;

  • Na ausência de filtro ou tratamento de água, fervê-la tanto para o cozimento dos alimentos, quanto para a ingestão;

  • Não beber água mineral, refrigerantes, sucos ou outras bebidas na própria garrafa ou lata. De preferência usar um copo limpo;

  • Faça gelo com água filtrada ou fervida e não utilize gelo de locais suspeitos;

  • Lavar com água fervida todos os utensílios a serem utilizados no preparo dos alimentos;

  • Não ingerir alimentos preparados em locais de higiene precária. Deve-se sempre dar preferência aos alimentos preparados em casa, nos momentos das refeições;

  • Alimentos como verduras, legumes e frutas devem ser guardados, limpos e secos, em sacos plásticos, na parte de baixo da geladeira ou em local fresco, e utilizados em tempo hábil. Ao prepará-los, deve-se cozinhar bem e consumi-los de imediato.

  • Verificar sempre o prazo de validade de produtos adquiridos em supermercados, caso estejam vencidos, solicitar a retirada das prateleiras.

  • O aleitamento materno até, no mínimo, os seis primeiros meses de vida é o melhor alimento para a criança, pois reduz o número de infecções e diminui a contaminação decorrente do uso de mamadeiras;

  • Seguir o calendário de vacinação do Ministério da Saúde, uma vez que as doenças infecciosas espoliam o organismo, diminuindo a resistência da criança, tornando-a mais vulnerável à diarreia infecciosa;

  • A disponibilidade de água tratada nas residências é a medida mais eficaz para o controle das diarreias infecciosas;

  • É ainda importante que a família seja orientada sobre o destino do lixo, fezes e o uso adequado das fossas domiciliares;

  • De preferência andar sempre calçado.

 

Linha pontilhada
Floratil (Saccharomyces boulardii-17 liofilizado). Indicações: adjuvante no
tratamento da diarréia produzida por Clostridium difficile, por antibioticoterapia ou quimioterapia e na restauração da flora intestinal fisiológica. M.S. 1.0089.0090.
SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
Floratil é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula.

Floralyte 45 & 90 (cloreto de sódio, citrato de potássio monoidratado,
citrato de sódio diidratado, glicose). Indicações: Floralyte 45 - prevenção
da desidratação ou para manutenção da hidratação (após a fase de
reidratação) em quadros de doença diarréica aguda, de qualquer etiologia,
tanto em crianças quanto em adultos. Floralyte 90 - reposição das perdas
acumuladas de água e eletrólitos (reidratação) ou para a manutenção da
hidratação (após a fase de reidratação), em quadros de doença diarréica
aguda de qualquer etiologia, tanto em crianças quanto em adultos. M.S.
1.0089.0336
SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.
Floralyte é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula.

Dicas para uma dieta balanceada



Floratitude Merck América Design